Quinha

Poesia

Textos


  NA ALMA DO OLHAR / AMOR SEM IGUAL

Quem é você que de léguas me chama...
Para trilharmos o caminho azul do amor
Essa surpresa ideal nunca se aninha
Se a coragem faltar no esplendor

Tens o coração afastado da chama
Com esperança levada pela brisa do mar
A alegria que me falta é tua presença
Preencher o amor no fundo do olhar


Não deixe tardar o amor tão inutilmente
Nossas mãos atadas entre o céu e o mar
Pressenti nos teus poemas as distâncias

O canto do amor no teu peito a clamar
Falas de amor nas alturas,mas no entanto
Desfolhas as ilusões na flor do malmequer.



                                                                                                                        AMOR SEM IGUAL
 
Pertenço à campina, sou mulher do campo
Carrego comigo aromas de rosas
Cheia de coragem busco um grande amor
Talvez nunca o encontre, por ser exigente
Mas se um dia encontrar seremos tão felizes
Com toques suaves ambas nossas mãos
Deslizando lentas sobre nossos corpos
Unindo céu e mar nesse amor comunhão!
 
Não entendi quando dizes que tenho
o coração, da chama afastado
Para me conhecer não basta haver lido
Algo que escrevo, nem sempre faz sentido
Sabes que em poesia nem tudo é real
Sou indecifrável, navego em fantasias
Porém, meu amor... é amor sem igual!


Aparecida Ramos

www.isisdumont.prosaeverso.net




 
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 01/06/2020
Alterado em 05/06/2020


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras