Quinha

Poesia

Textos

ADEUS
Nessa lacuna
Ausente do abrigo
Olvido as palavras
Interdito o diálogo
Escuto só o zum do vento
Nas noites caladas
Abafada de saudade
Com olhar de vis de agonia
Revejo, um amor, no primeiro olhar
E o desgosto no adeus na despedida
Suponho sepultar esse sonho
Mesmo concentrando as lágrimas comigo.
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 15/10/2018
Alterado em 02/08/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras