Quinha

Poesia

Textos


*VEEMÊNCIA*

Deita com meu sonho
Na madrugada silente
 Há volátil de luz
 Ao amor distante

  Jogo quântico
  Duas bocas  entreabertas
 Beijos éteres, lábios doces
 As pálpebras tremem.
Adentra a saudade

Interrupto tempo
Eis  o regresso
Em adejo amoroso
Com os olhos orvalhados.


 
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 02/04/2014
Alterado em 18/10/2019


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras