Quinha

Poesia

Textos


A VOZ DO AMOR

Se não houve tempo de nos conhecermos melhor
E minhas e tuas projeções realizadas nos quatro ventos
Foram antagônicas no amor, aniquilando os sentimentos
Bem ou mal, foi esse tempo...Só queríamos nos amar
Amar sobre todas as coisas, embriagarmos de prazer
Viver no seio de uma aquarela nebulosa de desejos
Sentir mel na boca e o amargo no final dos deslaças
Açoitar o amor e dele esquecer seu arrulhar.
Então sofri, por todos os beijos cancelados, que
Tanto queria enamorados e por falta de maturidade,
Subestimei o amor, sem ter paciência do seu enlevo.
Agora, como alcançar o amor ou recuperar aquele perdido?
É não brincar com ele. Amar pra depois ser amado. Viver
Cada dia sem suprir o egoísmo...
Assim, serás um homem feliz.
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 30/12/2012
Alterado em 23/09/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras