Quinha

Poesia

Textos


 

 
Nessa praia de água doce
É um encanto no Pará
As ondas que beijam  areias
São ondas vinda do Guajará
 
Baia dos Belenenses
Onde vivem botos, sinhá
 É o encanto do rio Amazonas
Protegidos por Iemanjá
 
Neste norte de mulher morena
Há o açaí, tucupí e tacacá
Bebidas indígenas dos Paraenses
Que dá fúria em saber amar
 
Aqui soa o carimbó quente
É a dança do Pará
Gira em voltas, mulher valente,
Faz os quadris requebrarem
 
 Levanta a saia com rendas
 Faz seu homem  abaixar
Vai exalar o patchuli
Colhido no quebra mar.
 
Nessa terra de gente hospitaleira
Há sempre um lugar pra ficar
Se não for à capital da cidade
Tem um lindo interior no Pará
 
 É a ilha do Marajó
 Têm búfalos dóceis, bom de montar
 São búfalos Marajoaras
 Que dá até para levar
 Uma foto montada num búfalo
 E nunca mais, esquecer o "Pará
"

QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 14/04/2012
Alterado em 09/01/2016


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras