Quinha

Poesia

Textos


UMA MUSA

Quando tu eras criança...Tenho certeza ainda
Os olhos continuam o mesmo,sereno,lânguido e doce
Mesmo mudando de aparência conforme foste
Menina graciosa. Hoje, linda mulher guerreira.

Tens lançada de olhares que irradia e flecha
Deságua amor, lavando alma de quem tem sede.
Ao imensurável amor fora de moda, sem disfarce
Amor sem jeito... Mas com jeito de criança.

Quanto tempo em vão... Procuro por ti
E quase findou meus sonhos em noites frias
Por isso, agora choro de ânsia por esse amor.

E meu peito sofre sem tua companhia...
És manto de paixão infinda, luz que me fascina
Leva-me ao laço apertado e logo depois me inspira
 
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 30/11/2011
Alterado em 23/09/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras