Quinha

Poesia

Textos


O MESMO SONHO

Sonhei!
Muitas vezes um sonho
Senti dores
Por acreditar nele
Ficaram
Somente lembranças vividas
Nenhuma resposta digna
Dúvidas!
Até me deixaram
É claro!
Que não culpo
Ninguém de nada
Apenas tenho
Um coração bambo
Que bate forte... Nas emboscadas

Mas mesmo assim espero...
Espero pelo mesmo sonho
Sem ele não há sonhos
E a vida é um nada

Mas sei que tem...
Alguém bem distante
Surda do meu coração ofegante
E voa como fada
Que venha na calada da noite
De cabelos soltos nos ombros
Contando o que conto
Fugidia do nosso mesmo calvário



 
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 19/11/2011
Alterado em 23/09/2015


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras