Quinha

Poesia

Textos


                                            MÃOS AO CÉU
  Nas retinas,
  Um singular brilho                                            
  Que amalga à vida em vã. 
 Elementar é  sentir por fazer,
 É merecer por ter 
  A essência que emana de ti

 Mãos ao céu
Além das nuvens
Que entre dedos saltita, a estrela
 É sonhar e acreditar...
 Ciclo sem fim.

  
 
                     
 
 
QUINHASSILVA
Enviado por QUINHASSILVA em 16/01/2018
Alterado em 10/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras